quinta-feira, 16 de março de 2017

# Livros internacionais # Resenhas

Resenha: "Escândalo na Boêmia", do livro "As aventuras de Sherlock Holmes", de Arthur Conan Doyle

    Olá, leitores!

    Amores, confesso que eu não havia planejado nenhum tipo de compartilhamento individual dos contos do livro “As aventuras de Sherlock Holmes, de Arthur Conan Doyle, porém, ao ler o primeiro apaixonei-me pela escrita do autor e pelo desenrolar de atitudes dos personagens. Não prometerei que farei resenha dos outros contos, contudo, gostei tanto do que vi a princípio que desejei relatar para vocês que acompanham as resenhas do blog.

    Primeiro conto: “Escândalo na Boêmia”

   
Antes de falar sobre a história, explico-lhes que Boémia, ou Boêmia, é uma região histórica da Europa Central. Ocupa os terços ocidental e médio da República Checa. Deixarei uma foto ao lado mostrando um pouco dessa localidade tão linda e apaixonante.

    O conto inicia-se com Watson falando sobre Adler na visão de Sherlock Holmes. Inclusive, lembro de ter imaginado que teria um pouco de romance entre eles, mas não foi o que aconteceu. Com o desenrolar da história, Watson volta ao escritório de Holmes justamente quando o detetive recebe um bilhete dizendo que um cavalheiro iria a seu encontro e que ele não estranhasse se o tal se apresentasse de máscara. Não esbocei nenhuma reação fora do comum quanto a isso, no entanto, fiquei curiosa.

    Holmes, na minha visão, foi muito bem projetado e elaborado e o acho incrivelmente inteligente. É um profissional competente e empenhado e que busca sempre o êxito em seus casos criminais e mirabolantes. - Ao longo dos parágrafos as coisas foram acontecendo, até que então, o homem misterioso que havia marcado com Holmes chega ao local destinado e mostra-se da forma descrita na missiva. Enquanto eles conversam, e com a esperteza do detetive competente, o homem revela-se e deixa o segredo às margens. O misterioso cavalheiro fala de seu título de rei da Boêmia e do caso que teve anteriormente com Irene Adler há tempos antes de seu reinado e casamento.

    Holmes apressa-se após os prazos dados pelo rei e convida Watson para estar com ele em mais aquele mistério e aventura. Os planos montados por Holmes são de tirar risos de qualquer pessoa, e de admirá-lo também; suas estratégias são espetaculares e cheias de vivacidade e energia. Claro que não darei spoilers sobre o final da história, porém, muitas coisas acontecem e, assumo, vale a pena conferir. Holmes e Watson, na Inglaterra, assumem a responsabilidade de recuperar a fotografia e salvar o rei da Boêmia de uma grande difamação. 

    NOTA: 10


    Obrigada pela visita.
    Jesus te ama!